Muito se fala em documentos fiscais referenciados. Mas os tipos mais comuns de operações envolvendo este tipo de situação acabam sendo mesmo as Notas de devolução. Onde se tem quase sempre uma NFe recebida, informa o numero da Chave na NFe Referenciada e pronto.

Bem, na versão 3.10 da NFe algumas coisas mudaram.  Novos campos para outros modelos de notas referenciadas foram adicionados. Na imagem acima, exemplo de uma nota fiscal de entrada de produtos adquiridos de Produtor Rural a famosa CONTRA NOTA. O produtor lhe fornece uma Nota que quase sempre ainda é emitida a mão em bloco de notas avulsas. 

Neste caso,  basta escolher o modelo em questão e informar os dados solicitados conforme destacado na imagem acima. 

Cada Modelo irá exigir um tipo diferente de informações. No caso da NF de produtor, devemos informar o ano e mês de emissão no formato AAMM, a série(que pode ser '0' quando não informada), o numero da NF e os dados do produtor, como CFP ou CNPJ, Inscrição Estadual quando houver ou o literal 'ISENTO', 

Os demais procedimentos seguem o fluxo normal de emissão de uma NFe.

Em uma mesma nota, podem ser referenciados mais de um documento mesmo sendo de modelos distintos, basta ir adicionando cada um deles de acordo com a necessidade.

Apenas os casos de notas de devolução é que ficaram restritos a apenas uma NFe por operação.

Saudações,