O setor de tecnologia da informação (TI) em Maringá e região vem crescendo acima da média mundial.  Em 2012, enquanto as empresas do setor cresceram 3,32% no planeta e 14,94% no Brasil, no Noroeste do Paraná este número atingiu a incrível marca de 24,11%. Embalados por essa onda de desenvolvimento, os empresários sonham em transformar Maringá em um novo pólo mundial de tecnologia da informação.

Muitas ações já foram realizadas neste sentido. A próxima será nesta sexta-feira, às 14:30 horas, quando será lançado na sede do Sebrae o projeto “Maringá e Região, o melhor lugar para se trabalhar em TI”. A ideia vem a reboque de uma ação já existente, realizada pela Great Place to Work (GPTW), que aponta anualmente as melhores empresas para se trabalhar em todo o país.

A Software by Maringá (SbM), associação que congrega as empresas de TI ousou e solicitou à GPTW que organizasse uma pesquisa somente entre as empresas da região e especificamente na área de TI. A GPTW aceitou o desafio, realizou algumas adaptações no regulamento, e apresentará, nesta sexta-feira, a metodologia do projeto.

O presidente da SbM, Edney Mossambani, só vê benefícios para as empresas no projeto. “Ao medir o clima organizacional das nossas empresas, a GPTW irá identificar os pontos fortes e as oportunidades de melhoria nos ambientes de trabalho. Com isso, os empresários poderão focar investimentos, diminuir a rotatividade e atrair trabalhadores de outras regiões”, explica.

O empresário acrescenta que os dados levantados serão confidenciais, mas que será possível que cada empresário estabeleça um comparativo entre a média da sua empresa com as demais. “O trabalho da GPTW servirá como consultoria já que, após a pesquisa, um consultor irá repassar dicas e informações sobre as boas práticas desenvolvidas no setor em nível mundial”, frisa Mossambani.

Poderão participar do projeto empresas com mais de seis colaboradores. O lançamento acontece nesta sexta-feira, às 14:30 horas, paralelamente ao evento “Divã de Boas Práticas de Recrutamento, Seleção e Retenção de Talentos”, organizado pela SbM com apoio do Sindicato das Empresas de Tecnologia da Informação (SindiTI), no Sebrae.  

 

 Ações realizadas para transformar Maringá em Polo de TI:

- Organização do setor, com a criação do APL de Software de Maringá e Região (2007);

- Criação da Software by Maringá (2007);

- Criação do SindiTI (2010);

- Incentivo às empresas a implantarem processos de Certificação de Qualidade como CMMI e MPS-BR – hoje a região é um dos maiores pólos de empresas certificadas;

- Criação de treinamentos e cursos de qualificação e atualização de trabalhadores do setor de acordo com a demanda das empresas;

- Incentivo aos empresários para participar de eventos nacionais do setor e viagens internacionais para conhecer pólos de TI;

- Criação do TICNOVA, o maior evento de TIC do interior do Paraná.

 

Assessoria de Imprensa SbM - Dirceu Herrero