INOVAÇÃO

Profissionais de tecnologia viram a noite em maratona de programação

Unimed Maringá inova ao realizar Hackathon em busca de soluções para a saúde suplementar

Passar a noite acordado “queimando os neurônios”. Foi exatamente isso o que fizeram os quase 130 profissionais de tecnologia da informação e interessados na área que participaram do 1º Hackathon Unimed Maringá, maratona de programação, criatividade e desenvolvimento realizada neste final de semana (27 e 28/8), com o objetivo de buscar soluções inovadoras para o mercado de saúde suplementar.

O palco deste evento foi a área comum do bloco 7 do Centro Universitário Unicesumar, em Maringá. Ao todo, foram 24 horas de programação, até a definição das equipes campeãs nos temas propostos: Relacionamento com o Beneficiário, Relacionamento com o Cooperado e Autoatendimento (veja abaixo todas as vencedoras). Cada uma levou para casa o prêmio de R$ 5 mil, além do reconhecimento da cooperativa e do mercado. 

O que moveu o 1º Hackathon Unimed Maringá foi o desafio. Os participantes se uniram para resolver problemas e criar soluções, trazendo melhorias para a saúde suplementar, em um ambiente de integração. Um deles foi o programador, Cristopher Yusuke, da equipe The Coders, vencedora na categoria Relacionamento com o Cooperado.

“Foram 24 horas de trabalho intenso, sem dormir, mas valeu muito a pena. Estamos cansados, mas com a sensação de dever cumprido. Agradeço a todos os integrantes da minha equipe e também a cooperativa que promoveu um evento desta magnitude. É uma oportunidade de mostrar nosso trabalho e de fazer network”, disse o competidor de Cianorte. 

Ao final, o esforço foi compensador, segundo o programador Hugo Henrique Fumero de Souza, da equipe NotBug, vencedora na categoria Relacionamento com o Beneficiário. “Estamos extasiados, realizados. Demos o nosso melhor, conseguimos ir além do que a gente imaginava e o resultado foi este. Estamos realmente muito felizes. Mais empresas deveriam seguir o exemplo da Unimed Maringá”, comentou. “É uma oportunidade de trazer novas ideias e ajudar a melhorar a vida das pessoas, da sociedade de uma forma geral”.

Segundo o gerente de Inovação e Tecnologia da Unimed Maringá, Fabio João Serpa, o evento alcançou todos os objetivos. “Todas as turmas apresentaram boas prototipações, porém algumas realmente se destacaram, apresentando projetos que podem evoluir. Após escolher o protótipo, vamos desenvolver em cima dele, inclusive podendo ocorrer uma fusão de ideias. Esse é o ponto chave do Hackathon, uma efervescência de ideias”, citou.  

Ao apoiar o evento, a diretoria da cooperativa apostou no projeto de fazer algo diferente, inovador. O presidente, Daoud Nasser, agradeceu a presença dos participantes e o empenho dos colaboradores para o sucesso da maratona. “Esse é o primeiro evento e com certeza a Unimed deve desenvolver outras ações semelhantes para o constante aperfeiçoamento de seus serviços. A cooperativa está sempre engajada em oferecer o melhor para os clientes, médicos e colaboradores”.

Em busca de talentos

Além da maratona de programação o Hackathon serviu também para aumentar o banco de talentos da cooperativa. “Foi um evento muito produtivo, pois tivemos a oportunidade de verificar como são esses candidatos. Pudemos avaliar de outra forma, não olhando apenas o currículo”, destacou a supervisora de Recursos Humanos da Unimed Maringá, Eveline de Carvalho. 

O vice-presidente da cooperativa, Renato Niero, também acompanhou tudo bem de perto desde o início. “Mais uma vez a cooperativa sai na frente ao realizar o primeiro Hackathon dentre todas as singulares do Brasil. Sabíamos da capacidade das pessoas envolvidas, por isso optamos pela realização deste evento, que teve um saldo bastante positivo”, finalizou.

PARCEIROS - O primeiro Hackathon Unimed Maringá contou com o patrocínio de Oracle Health Sciences, ITWV Soluções Inteligentes, Teiko Tecnologia da Informação e JS Informação Inovação. O evento também teve o apoio do Unicesumar, Software By Maringá e Wifire.

 

VENCEDORES:

Relacionamento com o Cooperado

Equipe: The Coders 

Integrantes: Cristopher Yusuke, Henrique Craveiro, Júlio Gaiotto e Lucas Gaiotto.  

Relacionamento com o Beneficiário

Equipe: NotBug 

Integrantes: Arthur Pedralli Minardi, Cássio Montanher Silva, Hugo Henrique Fumero de Souza e Leonardo Batista de Abreu.

Autoatendimento

Equipe: Inovics

Integrantes: Davi Cícero Alves, Sergio Daniel Alvarez Vargas, José Renato Macera e Urbano Luiz Pena Esteves Neto.

 

Fonte: Maria Isabel Corrêa - Assistente de Comunicação Institucional - Unimed Maringá