Desafios da Logística

Informações para dia-a-dia da gestão logística das empresas

Na primeira semana após entrar em vigor o aumento da taxa do PIS e da Cofins, a gasolina ficou, em média, 7,5% mais cara no país. Já o preço do diesel para os consumidores subiu cerca de 4,9%. 

Os dados são apontados pelo levantamento semanal de preços feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). A pesquisa considerou os valores cobrados por até 8,5 mil postos de combustíveis em todo o país entre os dias 1&

Continue lendo

Através dos ministérios da Agricultura, dos Portos e dos Transportes, o Governo Federal anunciou no último dia 13/01, medidas para evitar que o escoamento da nova safra seja prejudicado pela falta de infraestrutura e pelas filas de caminhões em Santos e Paranaguá, as duas estruturas mais utilizadas para exportação de grãos no Brasil.

Dentre as medidas, o plano visa aperfeiçoar o sistema de agendamento, que ajudou e muito a redução de custos e esforç

Continue lendo

Em seu discurso de posse, a presidente reeleita, Dilma Rousseff, afirmou que a terceira edição do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) trará ações que irão priorizar o setor de logística, principalmente com relação aos itens transporte, energia e infraestrutura.

Outra proposta apresentada durante o discurso, foi o PIL 2 (Programa de Investimento em Logística) pelo governo federal onde, segundo a presidente: "Assim, a partir de 2015 inici

Continue lendo

O Departamento de Custos Operacionais, Estudos Técnicos e Econômicos da NTC (DECOPE) divulgou um estudo que reflete o aumento do diesel, observado a partir do início de novembro, no custo do frete. Segundo dados apresentados, os 5% anunciados pela Petrobras pode impactar em até 1,72% no valor do custo final do transporte rodoviário de cargas.
Uma notícia impactante para toda a cadeia que sofreu com essa medida, uma vez que, junto com a mão de obra, é o insumo com maior representativi

Continue lendo

No intuito de estabelecer rotas alternativas para produtos da Ásia e Equador, o estado do Amazonas poderá ganhar uma nova rota comercial, conforme proposta de investidores das nações envolvidas, buscando a melhoria no desempenho logístico do Estado em questão.
Proposta pela comitiva internacional, a rota deixará de passar pelo Canal do Panamá, percurso realizado pela maioria dos navios que transportam insumos para Manaus, sendo realizado, a partir de então, pelo porto de Mant

Continue lendo

A utilização do Agendamento de Cargas e Descargas continua em constante crescimento no Brasil, viabilizando diversas melhorias, tanto operacionais, quanto na redução de custos em diversos setores e segmentos na logística de inbound e outbound, sejam estes públicos ou privados.
Como exemplo de uma organização mais efetiva a partir do uso da solução de Agendamento, temos o Terminal Portuário Cotegipe, localizado na Bahia, destinado ao embarque de grãos e de

Continue lendo

A partir de 2015, o Porto de Santos pode contar com mais uma novidade para o modelo de agendamento de cargas e descargas já utilizado para o transporte rodoviário. Conforme regras em debate por técnicos do Porto, da Secretaria Especial de Portos e da Agência Nacional de Transportes Terrestres, o intuito é dar maior agilidade e eficiência para as operações realizadas e ao uso da capacidade dos terminais.
Como experiência bem sucedida na administração de veícu

Continue lendo

Uma visão muito interessante do senhor Milton Lourenço*, publicada no portal Portogente na última semana, chamou a atenção para o crescimento competitivo dos portos da região norte do país, que pode ocorrer nos próximos anos.
Segundo Lourenço, com a entrada em funcionamento do novo Canal do Panamá em 2016, e a conclusão de suas obras de alargamento e aprofundamento, os portos do Norte brasileiro passarão a ter mais competitividade do que os portos do Sul

Continue lendo

Através de um levantamento realizado pela Associação Nacional dos Transportadores de Carga e Logística (NTC&Logística), uma informação importante e impactante foi apresentada, levando em consideração alguns números e taxas observados em 2013: o transporte rodoviário de cargas subiu mais do que a inflação no período, tendo como fatores mais impactantes o consumo de combustível, pagamento de salários e pneus.
A taxa de 5,91%

Continue lendo

Após a notícia do novo ranking do Porto de Santos, sendo destaque na América Latina (confira aqui), agora é a vez do Porto de Fortaleza apresentar os seus resultados.
A movimentação de contêineres pelo Porto atingiu o número de 70.265 TEUs entre janeiro e setembro de 2014, crescendo 14,12% se comparado ao mesmo período do ano anterior. Do total, 41.984 são derivados de cabotagem e 28.281 entre o Brasil e outros países. 
“Na cabotagem, destaca-se a i

Continue lendo