Conforme a revista britânica Conteinerisation international, em sua publicação “One Hundred Ports - 2013”, o Porto de Santos subiu três posições entre os principais portos do mundo na movimentação de contêineres, ou seja, dá 41ª posição em 2012 para a 38ª, alcançando a primeira posição na América Latina, superando o Porto de Balboa, no Panamá.

Outro destaque apresentado pela revista é o crescimento de 8,7%, sendo o segundo maior incremento dentre os portos latino-americanos. No primeiro semestre deste ano, a publicação também já aponta um crescimento recorde de 9,3%.

Com a entrada em funcionamento, em 2013, dos terminais de BTP e Embraport, a capacidade do complexo santista foi ampliada, agilizando o atendimento e a ampliação da média por hora para 104 movimentos, uma média acima da média global, ultrapassando até mesmo a média de Roterdã, que registra 87 movimentos por hora.

Angelino Caputo, diretor presidente da CODESP, comentou que o salto no ranking consolida a importância do complexo portuário, analisando que a crescente produtividade também ocorre devido aos investimentos em equipamentos, o aprofundamento do canal de navegação, que permite operações com navios maiores, e o uso de softwares e tecnologias.

Na lista publicada pela edição da “Conteinerisation International”, os três maiores portos em movimentação de contêineres são Xangai (China), Singapura e Shegzeng (China). Santos chega ao 38º lugar com a movimentação de 3.448.879 TEU em 2013 (contra 2.013.922 TEU em 2012). No primeiro semestre de 2014 a movimentação já alcançou 2.047.823 TEU, um crescimento de 8,5% com relação ao mesmo período do ano anterior.

 

Fonte: Portal LogWeb