Se você ainda não ouviu falar sobre o projeto Brasil ID, então prepare-se.

Em uma visão mais ampla, ele é um grande passo do Governo Federal, através do Ministério da Ciência e Tecnologia, da Receita Federal e os Estados da União, através das Secretarias da Fazenda, no intuito de implantar um sistema de identificação, rastreamento e autenticação de mercadorias, baseado no uso de tecnologia de Radiofrequência (o popularmente chamado RFID), através de integrações e aplicação de tal tecnologia em postos fiscais e no transporte de cargas, no intuito de desburocratizar processos e acelerar a fiscalização logística em todo o país.

O objetivo mais claro, obviamente, é apertar o cerco contra a sonegação. Através da citada tecnologia RFID, é possível detectar irregularidades no transporte de cargas de mercadorias que circularem entre os estados, por exemplo, tudo através de um chip acoplado ao caminhão e “antenas” para a leitura e análise do conteúdo que o mesmo transporta.

Em maio deste ano, observamos a aplicação de um projeto piloto em Torres (confira aqui) , na divisa com Santa Catarina. O objetivo era tanto proporcionar a redução do tempo destinada as paradas no posto fiscal, que podem até mesmo durar cerca de três horas devido as necessidades de conferência, como iniciar um processo de abertura para testes de uma tendência que em breve poderá ocupar todo o território nacional (e muito além, pois a tecnologia abre e muito os horizontes). Neste sentido, a parada só ocorrerá quando houver alguma irregularidade no veículo e em sua carga.

O projeto já possui uma documentação oficial e até mesmo especificações publicadas dentro da NT 2013/001 . Junto com o projeto alguns novos elementos surgem, como o IVC-e (Identificador de Veículo e Carga Eletrônico) e o CDF-e (Cartão de Documentos Fiscais Eletrônico) .

Neste sentido, deixo aqui dois itens interessantes para que nossos leitores possam saber mais sobre o projeto Brasil ID, assim como a Tecnologia Utilizada.

Em breve abordaremos mais novidades e informações sobre o assunto.

 

Vídeo (resumido) sobre o projeto e tecnologia:

Fonte Vídeo: Canal Youtube Palestrante Roberto Dias Duarte.